NBW 136 – Venda da Embraer e o livro sobre o Trump 08/01/2018

Amigos do NBW, aqui estamos para a primeira edição do podcast em 2018. No episódio 136 do NBW falamos muito sobre a possível venda da Embraer para a empresa americana Boeing e também sobre o livro Fire and Fury, que fala sobre os primeiros nove meses de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos.

Aproveitamos também este post para, além de mais uma vez agradecer imensamente quem contribuiu com a edição do NBW ao Vivo, publicar a prestação de contas, conforme prometemos no lançamento do projeto.

Siga a gente no twitter.com/podcastnbw e facebook.com/podcastnbw

E o nosso e-mail para contatos é: contato@podcastnbw.com

Faça parte do nosso grupo de discussões políticas no Facebook

Temos também uma playlist no Spotify

BAIXE E OUÇA AQUI

 

Indicações da semana:

Ulisses Neto

A NOVA VOZ – Dados abertos para os cidadãos

Brasil – Uma biografia

André Pontes

A Glória e seu cortejo de horrores

7 años

Black Mirror Temporada 4

Barata

Fire and Fury

Música de encerramento

Los Hermanos – Último Romance

  • Anderson B. Cunha
  • Leo Salles

    Adorei o programa! Só queria adicionar uma curiosidade, sem motivo algum. Os países que devolveram o livro estão entre os com maior liberdade econômica: Austrália (5), UK (12), Dinamarca (18), Suécia (19), Noruega (25), Áustria (30). Será que isso tem alguma relação porque não vamos para frente? Rs.
    Abraços!

  • Mara Gonçalves

    Vcs não acham que se a embraer não mudar eles podem correr o risco de morrer em médio prazo? As empresas concorrentes estão se juntando e vai chegar uma hr que a embraer não vai conseguir competir. Uma coisa que vocês não mencionam e talvez nem saibam é que a Airbus e a bombardier já se uniram.

    • Ulisses Neto

      Oi, Mara. Talvez vc não tenha ouvido, mas falamos sim sobre o negócio da Airbus. E ela não se juntou à Bombardier. Ela COMPROU a divisão de jatos médios da Bombardier. O que é bem diferente. https://www.ft.com/content/033c88f4-b351-11e7-aa26-bb002965bce8

      • Mara Gonçalves

        Sim, escrevi antes de ouvir o podcast completo. Mas meu principal ponto é o fato de capacidade de competir e se manter no mercado no futuro caso a embraer não faça uma junção com outra empresa. Acho que faltou vcs avaliarem isso.

  • Alessandro Tokumoto

    Não tenho certeza, mas acho que os projetos que deram origem a Embraer são resultado dos Grupos de Trabalho / investigações do BNDE dos anos 50 para a aviação nacional. O governo militar fundou a instituição.