NBW 045 – MARINOU 14/10/2014

FrankUnderwood

Será que Marina Silva pensou em Frank Underwood no momento de definição do seu apoio a Aécio Neves? É provável que sim, mesmo sabendo que dificilmente a ex-senadora assiste ao seriado preferido deste podcast. Mas, ‘a bad for the greater good’ certamente foi o mote de Marina para se alinhar ao tucano neste momento de definição.

Falamos sobre isso na edição 045, sobre o quanto esse apoio irá custar para o futuro da professora de história e quais serão as repercussões no cenário eleitoral.

Também entramos em um debate acalorado sobre como vota a classe C e como os marqueteiros enxergam esse eleitor, que hoje é maioria em grande parte dos colégios eleitorais brasileiros.

Tudo isso com a participação excepcional de um quarto elemento!

Divirta-se.

BAIXE E ESCUTE AQUI

 

 

12 COMENTÁRIOS

  1. Olá caros amigos!

    Ouço o podcast de vcs desde os protestos de Junho de 2013, quando reconheci minha ignorância política e decidi me informar melhor. Neste processo o podcast de vcs se tornou essencial (agradeço por isso). Também sou podcaster, mas no meu caso a gente debate sobre cinema. E por esse motivo não pude deixar de comentar. Como assim o André não recomendaria o filme Garota Exemplar?! Hehehe. Este filme é dirigido por David Fincher (diretor de Clube da Luta, Seven e House of Cards), tem uma elogiável atuação do Ben “I am Batman” Affleck e uma atuação digna de Oscar da atriz Rosamund Pike. Aliás, este filme é apontado como um dos grandes concorrentes ao Oscar de 2015. Como o Andrézão não recomendou, fica aqui minha recomendação: Garota Exemplar é um filmaço e vale a pena ser visto.
    Quanto ao microfone do Barata, continua bem ruim de ouvir. Após as broncas ele falou duas frases perto do microfone, mas logo sua voz ficou baixa novamente. Porque vcs não gravam a voz do barata através de um Headset?! Assim ele poderia se movimentar a vontade e sua voz continuaria no mesmo volume. Pensem nisso…
    Eu já falei demais e não vai caber aqui um comentário sobre o programa. Fica pra próxima então.

    Parabéns pelo excelente trabalho.

    Grande abraço.

  2. Olá amigos, tudo bom?

    Poxa, li o comentário do Matheus acima e achei excelente! Coloquem o Barata com um Headset, ou um microfone igual ao do Silvio Santos, na gravata! Rs… (mentira, usem o Headset!)

    Gostei da participação ilustre do quarto elemento. Chame-o mais vezes!

    Ah, House of Cards faz tanta falta… Não vejo a hora de assistir novamente.

    Bom, sobre o episódio, muito bom! Eu imagino o que não existe por trás destas alianças políticas, o quanto não é decidido e analisado nestas decisões. Quanto ao futuro da professora de história, bem, não sabemos o que irá acontecer. Só sei que ela não é nova política, talvez seja apenas um pouco diferente dos demais. (pelo menos na minha opinião). Agora, pergunta pra vocês: existe algo de nova política que teria chance de emplacar no Brasil? Não só questão de governabilidade, que eu acho o mais crítico, mas entre o eleitorado mesmo. É percepção minha, ou o eleitorado é conservador demais (vide disputa atual PSDB e PT, que não saem do foco principal).

    Abraços!

  3. Porra acabei de tomar um Spoiler fudido de homeland, ainda não tinha chegado nessa parte. Cadê o alerta? Btw ótimo cast

  4. só uma observacao, no final o troxegas ja estava bem bebado, ja estava falando que gostava de todo mundo…..

  5. E ai, gurizada.

    Admito que estou mega curioso para saber as oq vcs acharam do resultado da eleição desse último domingo,apesar de, infelizmente, não ser uma grande surpresa, mas bastante decepcionante, ao menos para mim.

    Não sei se os pontos abaixo estão no escopo do tipo de podcast que vcs desejam fazer, mas…

    Eu gostaria muito de ouvir as considerações de vocês, caso estejam dispostos a compartilha-lá, sobre o atual cenário político da América do Sul, onde vemos:

    – Problemas com a economia da Argentina.
    – Situações alarmantes na Venezuela.
    – Bolívia vivendo um momento interessante, economicamente. (Será que dura?)

    E mts desses países deixando bem claro a preocupação deles caso o Aécio ganhasse.
    (Não vou citar todos, mas sintam-se a vontade para agregar)

    E a posição do Brasil nisso tudo, sendo sem dúvida, o país mais expressivo em toda essa junção e declaradamente com um posicionamento político alinhado com os demais.

    • Fala ae, Leonardo! Excelente ideia. Vamos falar na próxima eleição sobre os temas que você propôs! Sempre que tiver ideias de pauta é só falar!! Abração!

  6. Saudações Guerreiros do War

    Parabéns pela autocritica e pela análise da decisão da Marina Silva.

    Acompanho o comentário acima do Leonardo Saldanha e também gostaria de um podcast com um panorama politico da América do Sul.

    E quais as considerações de vocês sobre este “novo” legislativo brasileiro ? Como ele deve se comportar num segundo mandato da Dilma?

    Galera , caso precisem de algum voluntário para ajudar no site (webdesigner, edição de imagens, etc) podem contar comigo. Este projeto de vocês é muito interessante e será gratificante contribuir com ele.

    Um abraço

    • Zé Paulo, tudo bem? Muito obrigado por oferecer ajuda!! Ela sempre é muito bem vinda.

      Vamos falar sobre o legislativo também. Até porque a situação está esquisita demais. O governo ainda tem maioria, mas a tendência é que o ‘toma lá, da cá’, como diria a saudosa Patricia Poeta, se aprofunde ainda mais.

      Abração!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

NBW