INTERSECCIONALIDADE: RAFA YAMAMOTO

Olá, Ouvintes do NBW.

A interiorização dos imigrantes é um ponto crucial para o sucesso de uma política humanitária. Sabemos que os governos, de um modo geral, deixam muito a desejar. É na ausência do poder público que muitas organizações surgem para tentar minimizar as dificuldades que aparecem durante o recomeço da vida em um outro pais.  Foi pesquisando sobre essas organizações que encontrei a Estou Refugiado. O lema deles é: O preconceito acaba quando a compreensão começa.

No episódio de hoje, que é o quarto da série Interseccionalidade, conversarmos com o Rafa Yamamoto, que é coordenador de projetos na ONG Estou Refugiado. Falamos, principalmente, sobre a crise humanitária na Venezuela, e as percepções do Rafa, que visita Roraima e a Venezuela com frequência.

Para quem quiser conhecer melhor o trabalho da Estou Refugiado, o site é https://www.estourefugiado.com.br/. Se alguém de São Paulo quiser contratar os serviços da Kosukola, o lava-jato que nasceu de um projeto dessa organização, o site é www.kosukola.com.br. Eu, Isadora, comprei um dos kits oferecidos pela Estou Refugiado e posso confirmar que a camiseta, a caneca, os broches, etc, são bem bacanas!

Por um equívoco, anunciei que o tema do episódio de hoje seria feminismo. Vamos debater esse tema, sim. Conversamos com pessoas bem legais que trazem diferentes perspectivas sobre esse mesmo tema. Os episódios vão ao ar daqui a algumas semanas.

Na semana que vem, vamos conversar com o Jamal, que morava na Síria, mas que agora mora em Minas Gerais.

Espero que gostem e até semana que vem.

Siga a gente no twitter.com/podcastnbw / facebook.com/podcastnbw / instagram.com/podcastnbw

E o nosso e-mail para contatos é: [email protected]

Faça parte do nosso grupo de discussões políticas no Facebook

Temos também uma playlist no Spotify