NBW 055 – 09/05/2015

O Ulisses, nosso amigo mais britânico desse podcast, acordou assustado na última sexta-feira. Foi dormir pensando que teria uma novela política pelos próximos cinco anos, acordou com a notícia que a novela não passou de um curta metragem. O gigante do jornalismo brasileiro Clovis Rossi tinha essa mesma expectativa, mas, coitado, com a diferença que deixou estampada na sua coluna na Folha de SP. O resultado foi tão surpreendente, que um dia, num cochicho durante o café da manhã com sua família, o agora reeleito primeiro ministro David Cameron, vai confessar que jamais imaginou que isso aconteceria. Se soubesse teria comprado passagens para passar a próxima semana num resort all inclusive em Pernambuco ou na Bahia para descansar do período eleitoral. Não reservou, perdeu viagem.

Aqui no Brasil os institutos de pesquisa mandaram um gigante #chupa – sim, com hashtag, porque em uma pesquisa recente descobriram eles mesmos que é assim que se manda indireta nos dias de hoje – para os institutos de pesquisa do Reino Unido, que erraram muito feio. Para vocês terem ideia do tamanho do erro, no dia da eleição o The Guardian chegou a publicar que os Trabalhistas tinha até virado a eleição, que prometia até então ser a mais acirrada em décadas. Quando foram abertas as urnas, o resultado: o partido Conservador não só ganhou, como conseguiu a maioria para governar.

Nessa edição do NBW falamos sobre tudo o que aconteceu no Reino Unido, fazemos um paralelo entre o marketing político de lá e o daqui no Brasil e também discutimos reforma política (o voto distrital lá não foi um bom exemplo para os que acreditam que ele é a solução para o Brasil).

Enjoy!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui